Duas coisas de que não gosto


Duas coisas que não percebo e não gosto:

O que é que para nós, portugueses, povo, na luta diária para sobreviver, com rendimentos, sistema de saúde, educação, segurança social de merda (desculpem, mas é isto) interessa que a principal candidata do Agir (um partido de esquerda burguesa) esteja grávida e a gravidez seja de risco?

Porque é que alguns homens precisam de uma mãe a seu lado? Infelizmente ainda não fui mãe, mas quando o for é porque quero ser, do meu filho.

Olhando de outro modo, não serão os homens determinados pela figura materna, pela figura da mãe coragem, do colo materno, ao ponto de esta identificação se tornar argumento de marketing politico? Por vezes o subconsciente é revelador.

Anúncios

Autor: Carla Espada

Sou uma pessoa observadora, curiosa com o que se passa à sua volta

3 opiniões sobre “Duas coisas de que não gosto”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s