Pousou na minha janela

Ontem cheguei a casa ao final do dia e no lufa lufa de chegada olho distraidamente para a janela do meu quarto e vejo um vulto. Aproximo-me e vejo um passarinho lindo, um arco-íris com penas, que parecia estar a resguardar-se do vento frio na minha janela.

Tentei abrir a janela, para ver se estava tudo bem com ele, mas voou, para voltar logo de seguida. Sentia-se bem ali …

Descobri entretanto que a espécie é um Rosicolor

O som:

A LOJA de animais

Hoje tive uma daquelas experiências surpresa ao entrar numa loja. Sai do comboio e fui comprar uma transportadora para a minha gata numa loja de animais na praça do Brasil, em Setúbal.

Entrei na loja e fiquei logo com a sensação de que tinha entrado num mundo à parte, estava literalmente atulhada de brinquedos, malas de vários tipos, arranhadores, comida, tudo e mais alguma coisa que se possa imaginar para amimais, não só cães e gatos (tem umas casinhas para hamster lindas, de madeira)

A loja em si é pequena, mas a imaginação não tem limites e havia prateleiras por todo o lado, uma escadas que iam dar a uma cave recheada de pequenas maravilhas para os nossos companheiros de estimação.

Pedi uma mala transportadora para gato e o dono da loja (escondido dentro de um guichet pequeno à entrada) puxou de uma escada metálica amovível e cuidadosamente subiu para um sótão, que mais não é do que uma prateleira gigante atulhada de material diverso para venda. Desapareceu no meio de tudo aquilo, só dava para ouvir o senhor balbuciar algumas frases.

Para os amantes da aquarofilia esta é a loja ideal, tem uma variedade imensa de peixes, aquários, decorações (arbustos, barcos, castelos, troncos, algas, corais, tudo mesmo)

Tirei-as fotos possíveis desta maravilha animal: um Nemo e uma ‘peixinha’ que parecia ter os lábios pintados.

Para os curiosos, a loja chama-se Aquarioreef.

Lucky <3

No dia 01 de maio, na mata de Sintra, tive a oportunidade de ajudar a recolher esta corujinha fofa, ainda cria, que estava encostada a um portão à beira da estrada. Deve ter caído do ninho e perdido os pais e estava com um olhar triste, com a luz do sol a incidir sobre os seus olhos sensíveis e já com moscas a rondarem o desfecho esperado.

Mas não, recolhemos a bichinha e foi entregue na Policia Florestal de Monsanto, para ser acolhida no Centro de Acolhimento. Sei que foi a atitude correcta, porque não podemos ter uma ave de rapina noctívaga e carnívora em casa, mas custou tanto entregar a bichinha … a minha filhota com garras 🙂 ❤

Com a atrapalhação dei-lhe o nome de Praia, porque foi acolhida no meio de toalhas de praia, mas ficou com o nome Lucky.

Estou a tentar obter informações sobre o seu estado, em principio estará bem e vou tentar estar na sua libertação na natureza.

Atualização: Parece que o estado da corujinha era mais grave do que pensava, foi mordida por um animal, provavelmente estaria assim há alguns dias e não sobreviveu … enfim, pelo menos não morreu abandonada na estrada.

corujinha